04/07/2012

Diferenças entre corrente alternada e corrente contínua

Quando se fala em eletricidade, logo vem a questão da corrente alternada e corrente contínua. Como princípio básico, é fundamental saber a diferença entre elas. Por isso, vamos abordar isso, e você verá como é simples esse conceito.

Como já foi abordado no artigo "O que é eletricidade?", a corrente elétrica é o fluxo de elétrons em um determinado condutor. O que diferencia a corrente alternada da contínua é justamente o sentido que esse fluxo de elétrons percorre nesse determinado condutor. Vamos ver detalhadamente como cada uma delas se comporta.


  • Corrente Alternada
A corrente alternada (CA ou AC, em inglês) é aquela que é gerada nas usinas e percorre grandes distâncias até chegar nas tomadas de nossas casas. A característica dela é que não tem uma polarização, ou seja, não possui um pólo positivo e outro negativo definidos como ocorre na corrente contínua. Por isso, seu sentido alterna, e seus pólos são chamados de fases, porque cada um deles assume as duas condições (ocorre quando a tensão for 220V, pois há a presença de 2 fases). Ela é usada na transmissão em longa distância porque não ocorrem perdas de energia. No artigo anterior citado, nós vimos que a tensão elétrica é a responsável por "empurrar" a corrente elétrica. Na corrente alternada, podemos usar uma alta tensão para transmitir com velocidade a corrente elétrica sem perder grande energia, por isso ela é usada pra essa finalidade.

Observe no desenho abaixo como se comporta uma fase em corrente alternada. Note a alternância da característica positiva e negativa.

Representação gráfica da corrente alternada


Cada alternância equivale a um ciclo. Cada ciclo ocorre, dependendo da região do país e do mundo, 50 ou 60 vezes por segundo. Isso é o que chamamos frequência, e é dada em Hertz. Veremos mais sobre frequência em outro artigo.

  • Corrente Contínua
A corrente contínua (CC ou DC, em inglês) é aquela que possui os dois pólos, um positivo e outro negativo. Como possui pólos definidos, o sentido dos elétrons se torna definido também, ou seja, partindo do pólo positivo para o negativo por convenção, já que na realidade ocorre o contrário. Podemos encontrá-la principalmente em pilhas e baterias, geralmente em tensões baixas. Ela não é usada em transmissões de alta tensão e de grande distância porque como possui um sentido único, exigiria muita força pra "empurrar" os elétrons. Isso ocasionaria grandes perdas de energia. Quando ela se alterna, fica mais "leve" pra "empurrar".

Observe no desenho abaixo como ela se comporta, e note que, nesse caso, não há a grandeza da frequência.

Representação gráfica da corrente contínua


Espero que tenha ficado claro a diferença entre corrente contínua e corrente alternada. São conceitos simples, mas se surgir alguma dúvida, deixe nos comentários.

Clique e confira um curso exclusivo de Instalações Elétricas!

Compartilhe
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...

8 comentários:

  1. tenho um motor eletrico e descobri que quando se gira o eixo ele produz eletricidade e quero aumentar essa energia (3v) para 110v mas não sei se ele produz corrente continua ou alternada tenho essa preucupaçao pois sei que os transformadores só funcionam com corrente alternada .e ai qual estou gerando?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja se entendi sua pergunta:
      Esse motor é de corrente contínua? Se for, ele gera corrente contínua. Aí, você precisaria de um equipamento chamado "inversor de corrente" pra transformar em alternada, antes de jogar essa energia ao transformador.
      Inversores geralmente não são muito baratos...

      Excluir
  2. POSSO COLOCAR UM FIO DE CORRENTE CONTINUA COM OUTRO DE CORRENTE ALTERNADA NO MESMO CONDUITE? pq SIM OU NÃO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tome cuidado para não confundir os circuitos, identifique-os bem. No mais, não há problema nenhum.

      Excluir
  3. Com relação a corrente alternada:
    Tá eu entendi, mas como assim ora vai em um sentido ora em outro? O que faz a corrente mudar de sentido?
    Se a corrente deve seguir o sentido USINA>MinhaCasa, quando muda de sentido a corrente também volta para Usina?
    Como ela percorre grandes distâncias se ela fica indo e voltando?
    Eu sei que são questões meio burras, mas se vc puder responder.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José, vamos por partes:

      1- A geração de corrente alternada, a que muda de sentido, é natural. Toda usina, seja ela hidrelétrica, eólica, nuclear, gera corrente alternada naturalmente.

      2- A corrente não necessariamente volta pra usina. Basicamente são quatro cabos que saem de lá, três fases que possui ciclos com diferença de tempo entre si. Como a oscilação e a troca de polarização é rápida, o "ir e voltar" acontece durante a transmissão em sua passagem pelos cabos. O quarto cabo é o neutro ou terra, pra onde a energia vai se houver sobrecarga. Sem contar que durante a transmissão, parte da energia é perdida.

      Espero ter ajudado, fique a vontade de perguntar se ainda tiver dúvidas!

      Excluir
  4. em nossas residencia utilizamos cc ou ca ? pq se a corrente vem das usina direto pra minha casa nas tomas sao ca ? mas os equipamentos eletronicos utilizao cc? me perdi !! kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      A energia que chega em nossas casa é em CA, mas os próprios aparelhos domésticos a convertem em CC através de fontes ou circuitos eletrônicos.

      Abraços.

      Excluir

 
Voltar ao Topo da Página